sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Continue A Brilhar Louco Diamante



Lembre-se de quando você era jovem
Você brilhava como o sol
Continue a brilhar, louco diamante
Agora há um olhar em teu rosto
Como buracos negros no céu
Continue a brilhar, louco diamante
Você foi pego no fogo cruzado
Entre a infância e o estrelato
Arrastado pela brisa de aço
Vamos, alvo de risos distantes
Vamos, estranho, lenda,
Mártir, e brilhe!
Você buscou alcançar o segredo cedo demais
Você quis o impossível
Continue a brilhar, louco diamante
Ameaçado pelas sombras á noite
E exposto á luz
Continue a brilhar, louco diamante
Bem, você desgastou suas boas-vindas
Com precisão a esmo
Cavalgou a brisa de aço
Vamos, festeiro, visionário
Vamos, pintor, tocador de gaita,
prisioneiro, brilhe!
Ninguém sabe onde você está,
Muito próximo ou muito distante.
Brilhe, diamante louco.
Empilhe mais algumas camadas
E estaremos o unidos lá.
Brilhe, diamante louco.
E nós nos aqueceremos na sombra
Do triunfo de ontem,
Veleje, na brisa de aço.
Venha rapaz ,criança.
Venha, vencedor e perdedor.
Mineiro da verdade e da desilusão,
E Brilhe!

(Tradução de: Shine on Crazy Diamond - David Gilmour - Pink Floyd

Um comentário:

Linkwith

Related Posts with Thumbnails