sábado, 29 de janeiro de 2011

do kaos à vida!

                   
A cada àtomo uma célula
A cada célula um ser
A cada ser um humano
A cada humano uma pessoa 
A cada pessoa um mundo
A cada mundo um universo
A cada universo uma diferença
A cada diferença uma bomba
A cada bomba uma morte
A cada morte uma vida
E a cada vida, uma flor 
Que floresce em seu túmulo.

(poesia da banda    Estilhaços de ÓDIO - Araçatuba - SP)


                                 

Um comentário:

Azia e Insônia disse...

Bela letra né? E o desenho, de quem é?

Beijos

Linkwith

Related Posts with Thumbnails